A vida de Abraão

Abraão

Identidade
Nome: Abraão
Significado: Pai ou Lider de Muitos
Do Hebraico: אברהם Avraham ou ’Abhrāhām
Raiz familiar: Raiz de Noé linhagem de Sem
Avô: Naor
Pai: Terá
Mãe:
Irmãos: Naor / Harã
Esposa: Sara / Quetura / (Agar)
Filhos: Ismael / Isaque / Zinrã / Jocsã / Medã / Midiã / Suá
Netos: Esaú / Jacó / Seba / Dedã / Efá / Efer / Enoque / Abida / Elda.
Sobrinhos: Uz / Buz / Quemuel / Quésede / Hazo / Pildas / Jidlafe / Betuel / Tebá / Gaã / Taás / Maaca.
Local de Nascimento:
Tempo de Vida: 175 Anos
Motivo de Morte: Velhice
Local de Morte:
Localização Temporal: Foi encontrado um contrato Babilónico em nome de Abraão. Este foi datado de 1800 – 2000AC. É provável a relação com o patriarca.
Status social: Rico (Gênesis 13:2)

Deus prometeu ao seu filho Abraão que lhe

daria um filho chamado isaac (o filho da

promessa) você também pode experimentar

histórias lindas com esta.

Published in: on 5:p 2007 at 10:00 pm  Deixe um comentário  

Muitos outros milagres

Milagre dos porcos de Gerasa

Qual foi o propósito dos milagres na Bíblia?

Muitas pessoas hoje estão procurando milagres por motivos egoístas. Querem curas físicas, mas não se preocupam com a saúde espiritual. Querem prosperidade, mas não buscam as riquezas eternas. Igrejas que enfatizam milagres e negligenciam a pregação da palavra de Deus estão alimentando tais apetites. Jesus fortemente condenou atitudes iguais (João 6,26).

Por que Jesus e outros servos de Deus realizaram milagres? O movimento pentecostal, que pegou fogo desde o início do século XX, tem dado grande ênfase às experiências de manifestações do Espírito Santo de uma maneira que os ensinamentos bíblicos são freqüentemente esquecidos. Considere as afirmações bíblicas sobre o propósito dos milagres que Jesus e outros realizaram.

  • Os milagres provaram a fonte da mensagem. Quando Deus enviou Moisés ao Egito, ele lhe deu sinais milagrosos para provar que sua mensagem era realmente divina (Êxodo 4,1-17).
  • Os milagres de Jesus provaram seu poder para perdoar pecados. Estude o relato de Marcos 2,1-12, observando especialmente as palavras de Jesus nos versículos 10 e 11: “Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados – disse ao paralítico: Eu te mando: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.”
  • O povo entendeu que os sinais introduziram uma nova doutrina. As pessoas em Cafarnaum perguntaram: “Que vem a ser isto? Uma nova doutrina! Com autoridade ele ordena aos espíritos imundos, e eles lhe obedecem!” (Marcos 1,27).
  • O Espírito Santo deu poderes miraculosos aos apóstolos para confirmar a palavra que eles pregaram (Marcos 16,20). Paulo descreveu esses sinais como “as credenciais do apostolado” (2 Coríntios 12,12).
  • Alguns anos depois, o autor de Hebreus falou que a palavra dos apóstolos foi confirmada junto com o testemunho de “sinais, prodígios e vários milagres” (Hebreus 2,3-4).

A palavra foi revelada, confirmada, e entregue aos santos uma vez por todas (Judas 3). Já recebemos, nas Escrituras, tudo que precisamos para servir ao Senhor (2 Pedro 1,3-4; 2 Timóteo 3,16-17).

Milagre da filha de Jairo

Jairo, o chefe de uma sinagoga, chegou até Jesus e pediu para que ele visitasse a sua filha de doze anos que estava doente, mas no caminho, um empregado de Jairo chega e dá a triste notícia de que a menina já havia morrido, mas Jesus, ao ouvir tudo, fala para Jairo que ele deveria ter fé. Quando Jesus entrou na casa onde a menina estava, muitas pessoas choravam pelo que ocorreu, mas Jesus fala a todos para que se acalmassem, pois a menina apenas estava dormindo… E, em meio à desconfiança de todos, Jesus vai até a menina e, pegando na sua mão, pede para que ela se levante, e foi o que ela fez, fazendo com que todos ficassem maravilhados.

 Milagre do cego de Jericó

Aconteceu que na cidade de Jericó, havia um cego, chamado de Bartimeu, que ao saber que Jesus estava entrando na cidade começou a clamar: “Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim”, clamava muito alto, e a multidão que estava próximo a Jesus tentava fazer com que ele se calasse, mas nada o fazia parar. Então ao ouvir o clamor daquele homem, Jesus pediu que o trouxessem até Ele. Jesus perguntou o que o cego queria e ele respondeu: “eu quero ver novamente”, então Jesus disse: “vê” e Bartimeu voltou a ver.(Marcos 10:48)

 

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/a/a6/Religious_symbols.png/22px-Religious_symbols.png

 

 

Published in: on 5:p 2007 at 6:03 pm  Deixe um comentário  

O que Deus promete ao homem

Por um ato de amor Deus criou o homem à sua imagem e semelhança(Gn 1,26) para conhecê-LO, servi-LO e venerá-LO. Após a queda do homem pelo pecado da desobediência a Deus, por amor ao homem Deus fez um plano de salvação pelo qual promete-lhe paz e alegria na Terra e felicidade eterna no Reino dos Céus. “Deus cumpre suas promessas. Ele revelou-se a Israel como aquele que é rico em amor e fidelidade”(Ex 34,6). Nosso Deus “é verdadeiramente um Deus fiel, que guarda a sua aliança e a sua misericórdia para com aqueles que O amam e observam os seus mandamentos”(Dt 7,9). “Sim, Senhor Deus, tuas palavras são verdade”(2Sm 7,28).

Eis, a seguir, algumas das promessas de Deus ao homem, expressas por seus canais: os profetas, o seu santíssimo Filho Jesus e seus apóstolos.

1.    As promessas nas alianças: depois da queda, Deus prometeu ao homem a salvação e ofereceu-lhe sua aliança(Gn 3,15; CIC 70);

  • Aliança com Noé, depois do dilúvio: “Nenhuma criatura será mais destruída pelas águas do dilúvio, e não haverá mais dilúvio para devastar a Terra”(Gn 9,9-17);
  • Aliança com Abraão: Deus fez Abraão pai de uma multidão de nações(Gn 17,5) e prometeu: “Em ti serão abençoadas todas as nações da Terra”(Gn 12,3);
  • Aliança com os filhos de Jacó: “Meu espírito que sobre ti repousa, e minhas palavras que coloquei em tua boca não deixarão teus lábios nem os de teus filhos, nem os de seus descendentes(…), desde agora e para sempre”(Is 59,21; Rom 11,27);
  • Aliança com Moisés: promessa de libertação e de posse da terra(Êx 3,8);
  • Aliança com David: promessa de reino eterno e de numerosa descendência(2Sm 7,5-16);

1.    Deus promete não nos desamparar:

  • “Não te deixarei nem te desampararei”(Deut 31,6);
  • “Eu estarei contigo”(Ex 3,12);

1.    Deus promete ajudar na nossa conversão:

  • “Dar-vos-ei um coração novo e em vós porei um espírito novo: tirar-vos-ei do peito o coração de pedra e dar-vos-ei um coração de carne. Dentro de vós meterei meu espírito, fazendo com que obedeçais às minhas leis e sigais e observeis os meus preceitos”(Ez 36,26-27);
  • “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouve a minha voz e abre a porta, cearei com ele e ele comigo”(Ap 3,20)

1.    Deus nos promete bonança e segurança: “Se seguirdes minhas leis e guardardes os meus preceitos e os praticardes eu vos darei as chuvas nos seus tempos(…) e habitareis em segurança a vossa terra(…). Andarei entre vós: serei o vosso Deus e vós sereis o meu povo”(Lv 26,3.12);

2.   Deus promete nos tratar com piedade: Não executarei o ardor de minha ira(…) porque sou Deus e não homem”(Os 11,9);

3.   aos que O têm no coração Deus permite apreciar toda a sua beleza: “Farei passar diante de ti toda a minha beleza…” (Êx 33,18-19);

4.   Deus promete dar-nos o Espírito Santo: “Que o homem de boa vontade receba, gratuitamente, da água da vida”(Ap 22,17);

5.   Deus nos promete amor eterno: “Mesmo que as montanhas oscilassem e as colinas se abalassem, jamais meu amor te abandonará”(Is 54,10);

6.   Deus nos promete a salvação:

  • “Ao vencedor darei de comer(do fruto) da árvore da vida que se acha no paraíso(…) e o maná escondido”(Ap 2,7.17);
  • “Todo aquele que crê em Jesus terá a vida eterna e ressuscitará no último dia”(Jo 6,39-40);
  • “Voltai-vos para mim e sereis salvos”(Is 45,22);
  • “(…) Não mais me lembrarei de seus pecados e de suas iniquidades”(Hb 10,16-17);
  • “Não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Jesus Cristo”(Rom 8,1);
  • “Deus amou tanto o mundo, que enviou o seu Filho único…não para condenar o mundo, mas para que o mundo se salve”(Jo 3,16-17);
  • “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”(Jo 10,10);
  • “A promessa é para vocês e seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, nosso Deus, chamar”(At 2,39)

10.Deus promete aliviar nossos sofrimentos:

  • Deus lhes enxugará todas as lágrimas de seus olhos”(Ap 21,4);
  • São numerosas as tribulações do justo mas de todas o livra o Senhor”(Sal 33,20);
  • Confia ao Senhor a tua sorte, espera nele e ele agirá”(Sal 36,5);
  • Põe a tua confiança no Senhor e segue os seus caminhos. Ele te exaltará e possuirás a Terra”(Sal 36,34);

11.Deus promete levantar-nos nas nossas quedas: “O Senhor torna firmes os passos do homem e aprova os seus caminhos. E ainda que caia, não ficará prostrado, porque o Senhor o sustenta pela mão”(Sal 36,23-24);

12.Deus promete nos presentear com o melhor presente: “Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou, tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que O amam”(1Co 2,9);

13.Jesus nos promete o reino dos céus e todas as coisas, por acréscimo: “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas as coisas vos serão acrescentadas”(Mt 6,31-33);

14.Jesus nos promete a vida eterna: “Eu sou o pão da vida”(Jo 6,35). “Quem come deste pão vive eternamente”(Jo 6,51);

15.Jesus promete alívio para nossas aflições :”Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei…e achareis o repouso para as vossas almas”(Mt 11, 28-30);

16.Jesus promete amar aos que O amam: “Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei, e manifestar-me-ei nele”(Jo 14,21);

17.Jesus promete viver em nós:

  • “Se alguém me ama guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada”(Jo 14,23);
  • “Eu sou a videira, vós os ramos. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós”(Jo 15,4-5);

18.Jesus promete dar sentido a nossa vida:

  • “Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida”(Jo 8,12);
  • “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”(Jo 14,6);

19.Jesus promete nos dar tudo que pedimos a ele: “Se permanecerdes em mim…pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito”(Jo 15,7);

20.Jesus promete ser para nós um verdadeiro pai: “Serei para vós um pai e sereis para mim filhos e filhas”(2Co 6,18);

21.Jesus promete nunca nos abandonar: “Eis que estou convosco todos os dias até o fim dos tempos”(Mt 28,20);

22.Jesus promete voltar para nós: “Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós”(Jo 14,18). “…Hei de ver-vos outra vez e vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria”(Jo 16,22);

23.Jesus promete nos libertar da escravidão do pecado: “Em verdade vos digo, todo homem que se entrega ao pecado é seu escravo. Se permanecerdes na minha palavra, conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”(Jo 8,32.34);

24.Jesus promete estar presente quando estamos unidos em oração: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, aí estarei eu no meio deles”(Mt 18,19-20);

25.Jesus promete enviar o Espírito Santo para ajudar na nossa aprendizagem: “Descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força”(At 1,8); “O Espírito da Verdade ficará eternamente convosco…e vos ensinará todas as coisas”(Jo 14,16.26);

26.No juízo final, Jesus promete o céu aos bons e o inferno aos maus: “Direi aos bons: “vinde benditos de meu Pai, tomai posse do Reino…”(Mt 25,34) e aos maus direi: “Afastai-vos de mim, malditos, ide para o fogo eterno…”(Mt 25,41)

 

 

Published in: on 5:p 2007 at 5:59 pm  Deixe um comentário  

A fé de josé

A Bíblia é a Palavra de Deus que expõe o mundo interno de nossos corações. É claro que também contém muitas estórias sobre guerras, curas, e fazer altares para Deus, etc…Mas principalmente mostra o que está por dentro da mente dos homens. Assim a Bíblia explica o que está profundo no mundo interno das nossas mentes.

Também as estórias sobre fé estão especialmente descritas na Bíblia. Fé não se conquista através de conhecimento ou hábito, mas pelo coração. Nossos melhores esforços para viver bem podem mudar nossos maus hábitos, mas não podem transformar nossa mente e coração fundamentalmente. Assim eles são inúteis. Qualquer caminho pelo qual Deus pode mudar nossas mentes e corações deve ser útil para nossa vida de fé.

Homens de fé na Bíblia continuaram a percorrer o caminho certo da fé, não sendo influenciados pelas circunstâncias. É porque eles tinham uma fé firme. Vamos dar uma olhada no caso de Paulo. Em Filipos, ele apanhou e foi jogado na prisão junto de Silas, embora ele nunca pecara por tamanha punição. Muitas pessoas estão desencorajadas e sentem raiva de Deus, mas Paulo era diferente. Ao invés disso, ele louvava e glorificava a Deus. Foi o mesmo com Abrão. Embora Deus não lhe prometeu um filho até que tivesse 100 anos de idade, sua fé estava intocada.

Davi também era assim. Quando Deus prometeu colocá-lo como rei de Israel através de Samuel, ele confiou no que Deus lhe disse. Ele não se tornou rapidamente rei, mas teve que fugir da ameaça de Saul e andar no vale da morte. Ele teve duas chances de matar Saul, mas ele não o destruiu. Porque Deus havia prometido torná-lo rei, e não era necessário utilizar seus próprios métodos para tornar-se rei.

Nós podemos ver aplicada uma regra similar a esta para o mundo da fé. Existe uma regra: “O fraco será derrotado pelo forte” no mundo animal. As lebres querem ir diretamente para dentro da floresta, mas não podem, porque são pequenas e fracas. Quando uma lebre encontra um lobo, deve fugir. Embora a lebre esteja firmemente decidida a ir reto para dentro da floresta, deve fugir, quando encontra o lobo. Assim a lebre pula através dos caminhos por onde possa se esconder facilmente ao invés de andar pelo caminho aberto. Lobos podem ir direto, mesmo que confrontem com animais como lebres, mas também devem fugir se encontrarem leões ou tigres. Entretanto, embora muitas lebres desejam ir reto, elas devem então evitar os animais mais fortes quando os encontram. Da mesma maneira, nós não podemos, senão viver uma vida medonha e instável, ao invés de ir reto pelo caminho da fé, quando não possuímos fé.

Ninguém quer cometer pecado. Todos desejam viver bem. É porque seus pecados trazem prejuízo para suas famílias enquanto estiverem vivendo, e por último, os levarão ao inferno depois da morte. Por ter pregado o evangelho para prisioneiros durante anos, eu observei suas famílias sofrerem. Eles geralmente estão com medo que quando os prisioneiros saírem da cadeia, não tenham mudado. Isto mostra o quanto eles prejudicaram suas famílias.

Muitas pessoas afligem suas famílias e amigos devido às drogas ou bebidas. O homem nunca quer encrencar outros pelos seus pecados e aqueles que caem no pecado profundo tendem a lutar para fazer o bem.

 

Published in: on 5:p 2007 at 5:41 pm  Deixe um comentário  

Alianças de Deus

Alianças de Deus

 

CONCERTO COM ADÃO

 A primeira aliança Deus fez com Adão e Eva, no Éden: deu-lhes a Terra e pleno domínio sobre os animais; deu-lhes fartura de alimento, abençoou-os e disse-lhes que deveriam frutificar e multiplicar. Mas estabeleceu condições: Não deveriam comer do fruto da árvore da ciência do bem e do mal. O princípio da obediência estava criado. Se comessem da árvore proibida, morreriam. Desobedeceram, quebraram a aliança, e experimentaram  imediatamente a morte moral e espiritual, e, depois, a morte física. Convém lembrar que em todos os concertos há promessas de bênçãos, mas há a contrapartida da fé e fiel obediência.  (Gênesis 1.27-30; 2.16-17; 3.2-20). Aliança adâmica ou edênica é como é conhecida a aliança com Adão.

CONCERTO COM NOÉ

 Após o dilúvio, do qual se salvaram Noé e sua família, num total de oito pessoas (Gênesis 7.13), Deus falou: “Convosco estabeleço o meu concerto, que não será mais destruída toda carne pelas águas do dilúvio e que não haverá mais dilúvio para destruir a terra”. Como sinal perpétuo dessa aliança Deus deixou o arco sobre as nuvens, conhecido como arco-íris. (Gênesis 9.11-17).  Chamada aliança noética.

 CONCERTO COM ABRAÃO

 O concerto entre Deus e Abraão – aliança abraâmica –  foi chamado “concerto perpétuo”, porque extensivo às gerações vindouras e já apontando para o Reino Eterno de Cristo (Gênesis 17.7). Como parte da aliança Deus prometeu fazer de Abraão uma grande nação, e abençoar todas as famílias da terra através dele (Gn 12.2-3);  dar a terra de Canaã aos seus  descendentes, que seriam grandemente multiplicados: “E te farei frutificar grandissimamente e de ti farei nações, e reis sairão de ti”  (Gn 12.7,15; 13.16; 15.5; 17.2,6,7,8,9). O concerto foi feito com Abrão, nome mudado por Deus para Abraão (pai da multidão) (Gn 17.39). Como parte da aliança, Abraão deveria circuncidar todos os machos, filhos e servos sob sua autoridade, como  selo do conserto, e de aceitação de Deus como Senhor (Gn 17.10-14, 23). Deus prometeu estender a aliança a Isaque, o filho da promessa que iria nascer (Gn 17.16,19).

CONCERTO COM ISAQUE

 Os termos da aliança foram renovados em Isaque:  “Serei contigo e te abençoarei… multiplicarei a tua semente como as estrelas dos céus e darei à tua semente todas as terras. E em tua semente serão benditas todas as nações da terra. Eu sou o Deus de Abraão, teu pai. Não temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua semente por amor de Abraão, meu servo” (Gn 26.2-5,24).  

 

Published in: on 5:p 2007 at 5:30 pm  Deixe um comentário  

Milagres de Jesus

Os milagres de Jesus

Durante seu ministério, Jesus operou vários milagres, mostrando assim seu poder sobre a doença, a natureza e até mesmo sobre a morte.

É importante notar que em nenhum momento Jesus usou seus poderes para benefício próprio. Nem ao ficar quarenta dias em jejum, quando foi levado ao deserto para ser tentado por Satanás (Mateus 4:1-11).

Sem dúvida alguma, os milagres relatados na Bíblia não representam a totalidade de maravilhas que Jesus realizou durante seus 3 anos e meio de pregação do Reino de Deus. Como é dito pelo apóstolo João: “Jesus, na verdade, operou na presença de seus discípulos ainda muitos outros sinais que não estão escritos neste livro; estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.” (João 20:30-31)

Abaixo, segue a relação dos milagres de Jesus relatados na Bíblia:

Milagres de cura



Milagre

Mateus

Marcos

Lucas

João

Um leproso

8:2-4

1:40-42

5:12-13

 

O servo de um centurião romano

8:5-13

 

7:1-10

 

A sogra de Pedro

8:14-15

1:30-31

4:38-39

 

Dois gadarenos (gerasenos)

8:28-34

5:1-15

8:27-35

 

Um paralítico

9:2-7

2:3-12

5:18-25

 

Uma mulher com hemorragia

9:20-22

5:25-29

8:43-48

 

Dois cegos

9:27-31

 

 

 

Um endemoninhado que não podia falar

9:32-33

 

 

 

Um homem com a mão atrofiada

12:10-13

3:1-5

6:6-10

 

Um endemoninhado cego e mudo

12:22

 

11:14

 

A filha de uma cananéia

15:21-28

7:24-30

 

 

Um menino endemoninhado

17:14-18

9:17-29

9:38-43

 

Dois cegos (um dos quais Bartimeu)

20:29-34

10:46-52

18:35-43

 

Um surdo e gago

 

7:31-37

 

 

Um possesso na sinagoga

 

1:23-26

4:33-35

 

Um cego de Betsaida

 

8:22-26

 

 

Uma mulher encurvada

 

 

13:11-13

 

Um homem com hidropisia

 

 

14:1-4

 

Dez leprosos

 

 

17:11-19

 

O servo do sumo sacerdote

 

 

22:50-51

 

O filho de um oficial em Cafarnaum

 

 

 

4:46-54

Um inválido à beira do tanque de Betesda

 

 

 

5:1-9

um cego de nascença

 

 

 

9:1-7

Milagres que demonstram o poder sobre a natureza

Milagre

Mateus

Marcos

Lucas

João

Jesus acalma a tempestade

8:23-27

4:37-41

8:22-25

 

Jesus anda sobre as águas

14:25

6:48-51

 

6:19-21

Jesus alimenta 5000 homens

14:15-21

6:35-44

9:12-17

6:6-13

Jesus alimenta 4000 homens

15:32-38

8:1-9

 

 

A moeda na boca do peixe

17:24-27

 

 

 

A figueira seca

21:18-22

11:12-14,20-25

 

 

A grande pesca

 

 

5:1-11

 

Jesus transforma água em vinho

 

 

 

2:1-11

Outra grande pesca

 

 

 

21:21-11

Milagres de ressurreição

Milagre

Mateus

Marcos

Lucas

João

A filha de Jairo

9:18-19,23-25

5:22-24,38-42

8:41-42,49-56

 

O filho de uma viúva de Naim

 

7:11-15

 

 

Lázaro

 

 

 

11:1-44

Fonte: Bíblia de Estudo NVI.

 

 

Published in: on 5:p 2007 at 5:24 pm  Deixe um comentário  

A biografia de Noé

O nascimento de Noé

O nascimento de Noé é relatado no apócrifo de Enoque e relata a história de uma estranha criança. Conta a história que Matusalém escolheu uma esposa para o seu filho Lameque e esta ficou grávida de um filho. Quando este nasceu repararam que era um bebê muito diferente dos outros e o seu pai teve medo. Ao ter medo dirigiu-se ao Matusalém para lhe contar o sucedido e disse-lhe: “Eu tive um filho estranho, diferente de qualquer homem, e a sua aparência é como a dos filhos de Deus do céu; e a sua natureza é diferente e não é como um de nós.” (Enoque 106:7) Matusalém ouvindo isto viajou para longe, ao encontro de Enoque e contou-lhe o sucedido e este ouvindo tudo lhe respondeu: “O senhor fará algo de novo na terra, porque na geração de meu pai Jared, alguns dos Anjos do Senhor transgrediram a palavra de Deus e a sua lei, e uniram-se pecaminosamente com as filhas dos homens e tiveram filhos. Estes filhos resultantes desta união foram gigantes, não de acordo com o espirito mas de acordo com a carne. Por isto, Deus destruirá a terra com um grande dilúvio e haverá grande destruição e castigo. E este filho que nasceu de teu filho será salvo, e os seus filhos com ele. E toda a humanidade restante morrerá.” (Enoque 106:13-17) Os livros de Enoque, nem esta história, não foi aceita pelos Judeus, nem pelos Católicos e cristãos em geral, porque segundo a sua doutrina, os Anjos não se poderiam misturar com as mulheres comuns. Embora a confirmação deste episódio se encontre na bíblia em Gênesis 6.

História bíblica

Noé amaldiçoando seu neto Canaã A história de Noé encontra-se no livro de Gênesis, sendo seu nome mencionado pela primeira vez em 5:29, encerrando com sua morte, em 9:29, com 950 anos. O relato conta que Noé era descendente da linhagem de Sete, e viveu numa época em que as outras linhagens humanas (a partir dos descedentes de Caim e dos próprios parentes de Noé, provavelmente) mostraram-se corrompidas. Deus então decidiu eliminar a população mundial provocando uma grande inundação, poupando porém Noé e sua família, que se mostraram bons aos seus olhos. Então Deus falou com Noé, ordenando-lhe a construção de uma grande embarcação, onde ele reuniria todos os animais da Terra pelos 40 dias de dilúvio. Noé então reuniu um casal de cada espécie e abrigou sua família no interior da arca. 40 dias depois, quando a chuva cessou e a água começou a descer, Noé soltou uma pomba, que lhe trouxe uma folha de oliveira, indicando que a Terra já estava seca. A arca teria ficado encalhada no alto do Monte Ararat, na Armênia. A Noé e seus descendentes coube a tarefa de povoar a Terra. A fonte extra-bíblica de Flávio Josefo detalha em pormenores a descendência de Noé, e quais povos cada um de seus filhos e netos teria dado origem. A vida de Noé após o dilúvio, porém, é curiosamente deturpada pelo alcoolismo. Em certa altura, embebedara-se com o vinho produzido de sua própria videira de tal modo que encontrou-se nu em sua tenda. Seu filho Cam o viu e faz saber aos que estavam fora. Seus irmãos sabendo entraram na tenda de costas para cobrirem Noé sem o ver nu. Quando recobrou a consciência, Noé amaldiçoou seu filho Cã e seu neto Canaã, porém abençoando seus outros filhos, Sem e Jafé. A história de Noé tem forte significado simbólico sobre boa parte da história de Israel, principalmente durante o período da conquista de Canaã narrada no livro de Josué. A maldição de Noé certamente foi usada pelos povos semitas (ou seja, descendentes de Sem, cujos hebreus fazem parte) como justificativa para a conquista da terra de Canaã (ocupada pelos cananeus, alegadamente descendentes de Canaã, neto amaldiçoado de Noé).

Published in: on 31:p 2007 at 5:17 pm  Deixe um comentário  

Promessas do Deus pai

 

criação Olhe aos olhos de Deus e você verá todas as respostas 

  • no céu e na terra há alguns que se chamam deuses. Todavia para nós há um só Deus, o Pai." I Coríntios 8:5 e 6
  • "Aquele que tem, ele só, a imortalidade e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver; ao qual seja honra, poder sempiterno. Amem." Timóteo 6:16
  • "Eu Sou o Primeiro e Eu Sou o Último. Fora de mim não há Deus." Isaías 44:6
  • "Não terás outros deuses diante de Mim" (singular) Êxodo 20:3
  • "Jesus disse: E a vida eterna é está: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste." João 17:3
  • "E o Senhor será Rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome." Zacarias 14:9
 
Published in: on 21:p 2007 at 5:26 pm  Deixe um comentário  

Olá mundo!

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

Published in: on 15:p 2007 at 7:29 pm  Comments (1)